Reduza em 50% suas chances de errar no trabalho

Só não erra quem não faz nada? Não fazer nada também pode ser um grave erro caso a situação exija uma ação.

Todos estamos escolhendo o que pensar, sentir e como agir o tempo todo. Estas escolhas nem sempre são as melhores e entendemos seus resultados como erros.

 

É impossível não errar, mas é possível sim diminuir suas chances de erro.

 

id33 resized 600

 

Com base em novos estudos científicos podemos criar mecanismos para minimizar isso com pequenas ações preventivas. Marcelo Gleiser comenta esta questão no vídeo incorporado neste artigo.

Um estudo da Universidade do Estado de Michigan, nos Estados Unidos, revelou que interromper uma tarefa sequencial, mesmo que por apenas três segundos, é prejudicial ao desempenho e dobra as chances de uma pessoa cometer erros na atividade que estiver executando. Imagine um cirurgião, piloto de avião e tantas outras profissões onde três segundos de distração podem fazer toda a diferença. Muitos outros profissionais como escritores, programadores, estudantes ou qualquer um que precise de concentração para não “perder o fio da meada” certamente sentem os prejuízos das interrupções.

 

Algumas ações simples podem colaborar para reduzir em 50% suas chances de errar durante as tarefas que exigem concentração:

  1. Planejamento e organização 

    • Programe antecipadamente os momentos em que vai realizar suas tarefas mais complicadas. Existem métodos de administração do tempo como o GTD que facilitam sua organização e identificação de prioridades.
       
  2. Desligue tudo 

    • Celulares, telefones, comunicadores instantâneos. Tudo que “apite ou pisque” chamando sua atenção. 
       
  3. Minimize ruídos 

    • Se sua sala de trabalho não é a prova de som ou é compartilhada com outras pessoas, use fones de ouvido. Nem precisa ter música tocando. Eles servem para minimizar os ruídos externos e avisar aos outros que você NÃO vai ou não quer ouvi-los. 
       
  4. Sinalize 

    • Se você é como a maioria e não tem uma casinha na árvore para trabalhar ouvindo só o vento e os pássaros, sinalize. Uma plaquinha com o aviso “por favor não me interrompa agora” faz milagres. Ela precisa ficar bem a vista de todos para ser respeitada.

  

Explorar o desconhecido, as mudanças e o erro como oportunidades certamente será mais produtivo que apenas se lamentar por não ter acontecido como o planejado. 

Vamos espiar o que Marcelo Gleiser diz sobre erros e acertos?

 

 

 

Use o formulário de comentários logo abaixo para contar quais estratégias você tem usado para minimizar ou aproveitar melhor os erros em suas atividades.

 

Imagem: rededobemestar.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *