Músicas para meditação: qual melhor estilo tocar?

A produtividade de uma empresa, a qualidade das relações entre os colaboradores e a satisfação deles com o trabalho está ligada, entre outros fatores, ao nível de inteligência emocional e ao de estresse de cada equipe. Para melhorar os níveis de humor dos funcionários, empresas têm investido em técnicos de relaxamento, inclusive com auxílio de musicas para meditação.

Apesar de antiga nas religiões orientais, apenas nos últimos anos os neurologistas têm conseguido comprovar os benefícios da meditação para o controle das emoções, aumento da criatividade e no aumento da clareza de pensamento.

No livro “A Ciência da Meditação” (Objetiva, 2017), os autores Daniel Goleman e Richard Davidson traçam um panorama das pesquisas científicas que têm comprovado os benefícios da meditação.

Neste artigo, você vai entender por que é possível aliar a musica à meditação e quais são os melhores estilos para tocar.

Música clássica ou instrumental

A música clássica é uma das melhores opções para promover o relaxamento em um exercício meditativo. Como elas não trazem letra, não distraem as pessoas do objetivo. Na verdade, aumentam a capacidade de concentração. Uma pesquisa da revista acadêmica Journal of Health Psychology apontou que ela a ajuda a reduzir a pressão arterial.

Como a meditação pode ser traduzida como treinar a mente para melhorar o foco, podemos contar com a ajuda de músicas. Você com certeza já reparou que elas influenciam no estado emocional e na atmosfera de qualquer ambiente. Mas seus benefícios vão além!

A faixa correta pode induzir o relaxamento e ajudar a dormir, lhe deixar alerta ou ajudar na concentração durante a meditação ou trabalho. A concentração melhora porque, de acordo com a neuropsicóloga Aurilene Guerra, o cérebro aumenta a quantidade de áreas ativas para decodificar as diferentes alturas, timbres e ritmos.

Canto gregoriano

Até existe a ideia de que a meditação precisa ser feita em absoluto silêncio, de olhos fechados e que seu objetivo é esvaziar a mente. Na verdade, existem diversos tipos de práticas de relaxamento que podem ser consideradas meditativas.

Para conseguir manter um grupo focado em determinada atividade, você pode usar o canto gregoriano, que é um estilo musical praticada por clérigos católicos. Os benefícios desse tipo de música tem sido alvo de discussões, mas acredita-se que ele pode ajudar a impulsionar alguns benefícios da meditação, como acalmar e reduzir dores físicas.

Sons da natureza

O contato com a natureza acalma e faz bem à saúde, como algumas pesquisas vêm descobrindo. Quando você consegue trazer um pouco dos sons de florestas, água e pássaros para dentro de um ambiente que precisa reduzir as tensões, o relaxamento é certo.

As opções mais comuns são sons de chuva, rios, ondas e pássaros. Em aplicativos de streaming, como Spotify e Deezer, existem diversas playlists com essas faixas.

Música eletrônica

A música eletrônica não é uma opção apenas para festas ou boates. É possível programar melodias relaxantes com as mesmas bases utilizadas por DJs. Assim como no caso da música clássica e instrumental, ela não traz letras e estimula o cérebro.

Músicas compostas especificamente para meditação

É claro que você pode escolher uma música produzida com fins artísticos e descobrir que ela tem capacidade de ajudar a melhorar o foco. Porém, algumas parcerias entre músicos e neurocientistas têm produzido músicas construídas com o objetivo de relaxar.

Um exemplo é o da música Weightless, do grupo inglês Marconi Union. Eles fizeram a melodia com a ajuda de terapeutas do som, que indicaram formas de diminuir a frequência cardíaca de quem estiver ouvindo, a pressão arterial e os níveis do hormônio do estresse, o cortisol.

Com o objetivo de compreender a relação entre a música e a meditação, uma pesquisa da Universidade de Aveiro, em Portugal, verificou que pessoas expostas a determinada faixa sonora tiveram sua prática meditativa facilitada.

Além dos serviços de streaming, você pode encontrar músicas relaxantes em aplicativos próprios para a meditação, como o Sattva, o Calm e o Zen.

Agora que você já sabe quais são as melhores opções de músicas para meditar, fica mais fácil escolher a faixa ideal para algum treinamento interno na empresa! Aproveite e compartilhe este artigo nas redes sociais para que seus amigos também descubram os melhores estilos de musicas para meditação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *