Mindfulness: 5 benefícios de incorporá-lo à cultura corporativa

Apoiado em pesquisas científicas e acumulando bons resultados por todo o mundo, o Mindfulness é um método que está se tornando muito popular nos ambientes corporativos internacionais e que também está ganhando muitos adeptos em grandes empresas brasileiras.

O termo Mindfulness, do inglês, tem sido traduzido como Consciência Plena e mais frequentemente como Atenção Plena, sendo derivado do termo pali sati, que significa manter-se concentrado ao objeto de atenção.

O que é Mindfulness?

Definindo em poucas palavras, o Mindfulness é um estilo de vida que capacita os praticantes a prestar atenção no momento presente, usando técnicas de meditação, yoga e respiração. Por meio desses exercícios, os indivíduos conseguem se concentrar e ter plena consciência dos seus pensamentos, atividades, sentimentos e de si mesmos. Dessa forma, quem pratica Mindfulness consegue tomar o controle de suas emoções e, por consequência, melhorar sua produtividade e até mesmo a qualidade dos seus relacionamentos.

Entre os grandes benefícios de praticar Mindfulness, há a redução de estresse e melhora na tomada de decisões. A seguir, confira essas e outras vantagens dessa prática de autopercepção e concentração:

Quais os benefícios do Mindfulness?

1. Redução do estresse

De acordo com um estudo publicado pela Revista Time em fevereiro de 2014, a prática da meditação diminui os níveis de cortisol, reduzindo a ansiedade e a pressão sanguínea. Dessa forma, o Mindfulness permite dominar o emocional, mesmo em situações tensas e de pressão.  

2. Melhores decisões para o negócio

Um dos grandes benefícios do Mindfulness para a liderança das empresas é o aprimoramento da capacidade de tomada de decisão. Isso ocorre pois a meditação aumenta a massa cinzenta no córtex pré-frontal, o que contribui para o raciocínio rápido e análise holística. De acordo com o cientista e um dos idealizadores das pesquisas de Mindfulness Jon Kabat-Zinn, a prática permite prestar atenção de maneira intencional e individualizada no momento presente.  

3. Menos faltas por motivos de saúde

Kabat-Zinn foi responsável pela realização do primeiro programa Mindfulness em 1979, na Escola de Medicina da Universidade de Massachussets e, a partir da prática, muitos pacientes tiveram melhoras em seus quadros de estresse e dor crônica. Além, disso, já foi comprovado que colabora para redução da ansiedade, depressão e problemas físicos como hipertensão e problemas cardíacos.

4. Aprimoramento da liderança

De acordo com a professora de Psicologia da Universidade de Harvard, Ellen Langer, quando os indivíduos realizam suas atividades de forma concentrada e conscientes de si, os resultados tornam-se naturalmente superiores. A liderança passa a se auto analisar e melhorar seus relacionamentos interpessoais no ambiente de trabalho e fora dele.   

5. Mais produtividade e qualidade

Na rotina corporativa é muito comum os funcionários começarem a desenvolver suas atividades sem parar e analisar quais são os objetivos, por exemplo. Ao incluir o método no dia a dia da empresa, o profissional consegue se concentrar mais no que está fazendo, melhorando a produtividade e qualidade das entregas.

Esses alguns dos benefícios de incorporar o Mindfulness à cultura da empresa, mas cada companhia pode conseguir muitos outros. Uma das empresas que treinou a equipe e implantou a técnica foi a Johnson & Johnson. Trazendo excelentes resultados para a empresa, o Mindfulness melhorou o clima organizacional e deixou a equipe mais coesa e cooperativa.

Quer saber sobre esse e outros temas relacionados? Cadastre-se e continue acompanhando os conteúdos do blog Call Daniel!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *