Faça uma análise dos seus projetos em 2014

Mais um brilhante ano está para se iniciar. Quem sabe um tanto quanto mais ou menos brilhante que o atual ou o anterior, mas sem dúvida com um potencial intrínseco de ser excepcionalmente gratificante.

Feliz 2015

Antes deste ano acabar, será interessante fazer uma revisão dos seus projetos para finalizar o que ainda está pendente e montar um planejamento estimulante para 2015. Considere tudo que aconteceu de bom e de ruim, a vida é feita deste conjunto, e nossas conquistas dependem da maneira como encaramos esses sucessos e fracassos e lidamos com eles.

É natural, durante este balanço, encontrarmos uma boa lista de promessas não cumpridas, não se deixe abalar por elas. Uma maneira efetiva de prevenir-se para que o próximo ano possa ser melhor é mudar de estratégia. Não importa aqui se você optou por fixar horários ou por deixá-los mais flexíveis, se suas metas foram muito ousadas ou demasiadamente modestas. O essencial é você experimentar outras soluções para tudo aquilo que não produziu os resultados esperados.

Num apanhado geral entre os especialistas em produtividade e alta performance podemos extrair algumas dicas valiosas:

Envolva-se emocionalmente com suas metas

Já pensou na importância de criar um relacionamento mais consistente entre seus valores pessoais, missão, competências e seus sonhos/metas? Ao transpor as metas de apenas dados/informação para emoção criamos um relacionamento de compromisso muito maior, mais resistente aos intempéries do caminho.

Pode ser interessante desenhar da maneira mais clara possível o relacionamento que existe atualmente entre nossa missão e competências com nossos sonhos e objetivos. Experimente visualizar este cenário para este ano que está acabando e conferir os resultados, depois criar um para o ano novo que possua um alinhamento melhor entre os itens.

Por exemplo: pode ser que tenha definido adquirir um inglês fluente como meta para 2014 e isso não se concretizou. Será que um bom motivo para não ter acontecido tem alguma relação com o fato de você não possuir uma promessa clara de aumento salarial em razão disso ou simplesmente detestar inglês? Ou se programou para comprar um novo apartamento, mas, no íntimo, tem mesmo é vontade de morar no campo?

Muito do que não conseguimos realizar ficou esquecido durante um ano inteiro porque pode estar desconectado ou não estar alinhado com nossas competências e sonhos. Repense esta relação para criar vínculos mais fortes e incentivadores de ação!

Permita-se quebrar as regras

Existe uma série de mitos sobre produtividade. Alguns dizem que para ter uma alta performance é preciso ser muito disciplinado ou extremamente organizado, outros que é complicado demais gerenciar o tempo. Entenda que são apenas mitos, o volume de exceção a estas “regras” aumenta a cada dia.

O que importa mesmo são os resultados, não a quantidade de tarefas concluídas ou horas trabalhadas. Gerenciando com excelência suas prioridades e energia empreendida, seus resultados podem ser completamente diferentes.

Adquirir uma mentalidade produtiva é a ferramenta mais importante para atingir seus objetivos. Nenhum outro método ou software será mais efetivo que isso. Priorize com qualidade e depois ouse mais para experimentar as coisas de sua vida que funcionam para você independentemente do que a maioria diz ser o melhor.

Agradeça todos os dias

A energia envolvida no ato de reconhecer que temos muito a agradecer (ao pai, ao chefe, ao subordinado, à esposa, aos filhos, aos amigos, a Deus, ou seja, lá o que consiga ver como merecedor de sua gratidão) possui um poder de criação já comprovado até pela ciência. Faça isso diariamente antes de deitar-se ou assim que se levantar.

Neste momento, é importante percebermos que somos diferentes das outras pessoas apenas até certo ponto. Ninguém é totalmente feliz ou sem problemas. Mais que agradecer o que já conquistamos, precisamos parar de acreditar que a situação do outro é melhor que a nossa para encararmos a nós mesmos. Esse foco em “o que está ao meu alcance” produz resultados bem mais efetivos que ficar se comparando e buscando motivos para AINDA não ter chegado lá (seja lá aonde for que desejamos chegar). Concentre-se em você!

O estresse e a depressão são fatores críticos que inibem nossas conquistas na mesma proporção que o bom humor e a coragem para ousar expandem nossas possibilidades. Enquanto você não conquistar um mínimo de equilíbrio para resgatar seu amor próprio, dificilmente estará pronto para vencer e ser capaz de perceber/usufruir seu sucesso. Ame-se e perdoe-se, depois planeje e procure agir o máximo possível de acordo com o planejamento.

Caso precise de uma mãozinha para começar, minha sugestão é assinar nosso blog para receber pequenos incentivos e dicas semanalmente. Um passo por vez, confiante, focado e seu 2015 poderá ser inacreditável.

Abraços,

Marcia.Sisi@CallDaniel.com.br

Especialista em Gestão do Tempo e Produtividade

{{cta(‘51705e8a-82ab-4fa8-9cc6-00e765d5642a’)}}

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *