Como ter auto-disciplina para o GTD?

 

Quanto mais indisciplinado você for, maiores os benefícios que você terá aplicando a metodologia Getting Things Done. Não acredita? Continue lendo!

 

autodisciplina.jpg

 

Qual a importância da auto-disciplina para aplicar o GTD? Se você já é uma pessoa bem organizada, não encontrará muita dificuldade para criar e manter as rotinas de coleta, processamento, organização, execução e revisão. Mas, se faz parte do grupo dos menos organizados, sua disciplina provavelmente não é das melhores. Será que tem como resolver isso? A resposta é sim.

 

Pessoas menos organizadas acreditam que lhes falta disciplina para conquistar a tão sonhada organização e, com ela, mais controle. Como adquirir disciplina não é muito simples, muitas se conformam e desistem de tentar. Para este grupo vai a dica: crie um hábito.

 

Hábitos são sequências pré-estabelecidas que nosso cérebro adora porque economizam energia. Para coisas habituais você não precisa pensar, não decide nada, já foi decidido – basta realizar sem pensar muito. Escovar os dentes, por exemplo. Já falamos sobre a importância do hábito aqui, então vamos focar agora em como adquirir novos hábitos.

 

  1. Seja leve

Encare o processo de criação do novo hábito como algo experimental. Uma tentativa. Se não der certo de primeira, tudo bem – amanhã você terá outras oportunidades.


  1. Seja esperto

Pegue carona em hábitos antigos. Você já possui alguns hábitos bem enraizados, então colar a nova ação imediatamente antes ou depois da execução de outro hábito vai alavancar suas possibilidades de sucesso.


  1. Seja justo

Dedique mais tempo e energia comemorando seus sucessos que seus fracassos. Tudo que você resiste, persiste. Tudo que agradece, cresce. Mantenha o foco no alvo que deseja atingir, não se disperse tentando ler as placas de aviso que já passaram.


 

As rotinas de coleta, processamento, organização, revisão e execução devem acontecer em seus melhores momentos de produtividade para esta ação específica. Você vai identificar quais são eles e depois procurar os hábitos que já possui para “grudar” as novas ações neles. O método GTD só vai funcionar quando você puder confiar que seu sistema está atualizado e levando você para onde escolheu ir.

 

Abraços,

Marcia.Sisi@CallDaniel.com.br

Especialista em Gestão do Tempo e Produtividade.

{{cta(‘51705e8a-82ab-4fa8-9cc6-00e765d5642a’)}}


Imagem : velhosabio.com.br

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *