Planejar o tempo para não atrasar seus compromissos

Se você acha que está sofrendo da síndrome da impontualidade porque já percebeu que a maior parte dos seus compromissos não está acontecendo dentro do prazo, continue a ler. Este artigo é para você que deseja planejar melhor o uso do seu tempo.


id30 planejar o tempo resized 600

Um conhecido me disse que enquanto o Google não anunciar publicamente sua máquina do tempo teremos que nos contentar com as mesmas 24 horas, iguais, para todos nós. Sendo assim será preciso mudar alguns paradigmas para acompanhar a nova velocidade com a qual o tempo vem passando por nós.


Você também sabe por que o atraso vem cada vez mais marcando presença em nossas vidas. Podemos planejar o tempo de diferentes maneiras. O tempo não mudou. São as mesmas 24 horas por dia há milênios! O que mudou foi a quantidade de compromissos que tentamos acomodar nelas. E se esta quantidade mudou, nós precisaremos mudar algumas outras coisinhas também para que tudo se encaixe. Para que nosso planejamento do tempo funcione a contento. Vou sugerir 2 problemas e 2 possíveis soluções.


Problema: você espera que tudo aconteça com precisão.

Se é este o caso, sinto dizer-lhe que está otimista demais ao planejar o tempo. Sabemos que acidentes acontecem. O trânsito se complica com mais frequência do que gostaríamos, as chaves somem bem na hora de saírmos, o telefone toca,  bebê chora e até um pingo de algo na camisa pode provocar um atraso considerável.


Solução: ao planejar o tempo, troque a precisão absoluta por estimativas.

Considere uma margem de erro maior do que a que vem utilizando ultimamente. Se você estava se programando para chegar às reuniões com 5 minutos de antecedência, aumente para 15.

Se colocava o vencimento 2 dias antes da data de entrega real, mude para 5, 7, porque não?

Nem sempre você terá esta oportunidade de planejar o tempo com tanta antecedência, mas em todas as outras use.


Problema: horror a ficar alguns minutos sem ter o que fazer.

Você pode ser o tipo de pessoa que sente-se muito improdutivo ao permanecer 15 minutos parado aguardando o início da reunião.


Solução: use todos os 15 minutos que tiver.

Planeje seu tempo diferente. Experimente selecionar suas tarefas de 15 minutos e esteja preparado para fazê-las nestes momentos de espera.


A princípio você pode ficar com a impressão que é impossível ou que não vai funcionar. Experimente planejar o tempo assim e descobrirá.

Tenho certeza de que muitas vezes usou mais de meia hora para fazer uma tarefa de 15 minutos, só porque tinha 30 para fazer. Pode ter sido uma lista de possíveis presentes para alguém, ou as compras do supermercado. Quem sabe uma rápida revisão na agenda, captura de alguns pensamentos fora de hora e lugar, ou até a leitura de umas páginas de algum pdf de aventura para espairecer.


Pesquise, fique atento para descobrir qual o verdadeiro vilão que está transformando seus atrasos em um caso crônico. Ou pare de sentir-se mal por isso. Assuma que pontualidade não é uma prioridade em sua vida e ponto final.


Conte-nos como você vem lidando com esta questão de mais compromissos do que horas possíveis para realiza-los. O que você tem feito para planejar o tempo de maneira eficaz?

Abraços 

+Produtividade -Estresse

Marcia.Sisi@CallDaniel.com.br

Especialista em Gestão do Tempo e Produtividade

 

imagem:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *