Aceite que há situações fora do seu controle

Nós sofremos um profundo estresse quando muitas situações fogem do nosso controle. Existe uma maneira de enfrentar este descontrole sem estresse? Minha dica é de 3 passos simples, descubra aqui.

 

arte resized 600

 

É gratificante terminar a leitura de um livro como o “A Arte Cavalheiresca do Arqueiro Zen” (Autor: Eugen Herrigel – Editora: Pensamento), diagnosticar que ele acrescentou no meu mundo pessoal e, por consequência, influenciará também em minha carreira profissional com suas lições sobre foco e intenção. Da mesma maneira, no filme “Instinto” (1999 Instinct), aprendi que não estamos no controle da vida. O controle é uma mera ilusão. 

Ainda assim gosto de acreditar que posso interferir positivamente em tudo, colaborando para os melhores resultados possíveis. Seguindo esta linha de raciocínio procuro usar “a tecla pause” (antigo conselho do conte até 10) nos momentos em que percebo o estresse querendo me dominar.

Toda vez que algo sai errado ou foge ao nosso controle, ficamos imediatamente estressados. É uma reação instintiva do organismo para nos deixar alertas diante dos perigos iminentes. Manter-se estressado, no entanto, é altamente improdutivo e está ao nosso alcance interferir nisso.

Primeiro passo:

Aceite que há situações fora do seu controle e que elas vão acontecer mais vezes do que você gostaria. Negar isso não vai ajudar em nada.

 

Segundo passo:

Mantenha-se alerta aos sinais de que o estresse se aproximou e quando isso acontecer aperte “a tecla pause”. Pare para pensar antes de falar ou agir. Apenas respire profunda e vagarosamente por um minuto antes de dar o próximo passo.

 

Terceiro passo:

Se puder, adie a solução. Organize-se. Anote tudo que está pensando, incluindo suas perguntas e respostas sobre como resolver o problema. Depois, preferencialmente só no dia seguinte, leia o que escreveu e perceba que o problema pode já não parecer tão grande. Quem sabe para algumas das perguntas de ontem você até já tem a resposta.

Se não puder adiar tanto assim, conceda-se pelo menos os minutos necessários para um café, um copo d’água, 3 respirações profundas ou uma caminhada até onde possa lavar o rosto e se olhar no espelho. Pode parecer pouco diante do tamanho do problema, mas não é. Estes poucos minutos serão fundamentais para impedir que você reaja instintivamente. São minutos de ouro para pensar, decidir e escolher a melhor ação. Agir, não reagir.

Acredite, você pode escolher quem quer ser, independente de quem o outro é.

Perceber que você pode ter um mínimo de controle emocional e escolher como levar sua vida é bem melhor que ficar sujeito aos lugares que a vida te leva. Você não tem controle sobre as outras pessoas e situações, mas pode interferir nelas positivamente se mantiver controle sobre você. Recomendo a leitura deste e-book que garante: “A primeira pessoa que você precisa gerenciar é você mesmo”. O Programa MIND é excelente para isso. Clique aqui para conhecer.

Abraços

Marcia.Sisi@CallDaniel.com.br
Especialista em Gestão do Tempo e Produtividade.

 

Imagem: blogfotogramadigital.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *