Ready for anything – Princípio 23 – Você não precisa pensar sobre as suas coisas TANTO quanto você imagina

Esta é a reflexão da semana do David Allen, traduzida livremente por Thais Godinho do livro “Ready for anything”…

Bem, apesar de você precisar pensar sobre as suas coisas para saber o que fazer com elas, não é para pensar tanto quanto você pode estar imaginando. Apenas um pouquinho de raciocínio (“Qual é a minha intenção? Qual é a minha próxima ação?”) cria controle e foco relaxados. O que acontece é que a maioria das pessoas resiste a pensar sobre tudo isso. Por quê? Porque suas mentes são tão rápidas e sofisticadas que já te dão um relance da situação como um todo, deixando-as levemente apavoradas – isso quando chegam a pensar sobre elas. Decida o resultado desejado e o passo para a próxima ação, ponha lembretes disso em algum lugar que o seu cérebro vá se lembrar de verificar na hora certa, e praticamente ouça algo dentro de você dizendo “ufa, isso está resolvido… por hora!”..

Ready for anything – Princípio 11 – Quanto mais fundo o canal, maior o fluxo

Estamos continuando o envio das 52 reflexões semanais do David Allen, traduzidas livremente do seu segundo livro, “Ready for anything”, onde ele traz textos para aprofundamento no GTD. Nossa querida Thais Godinho teve a brilhante ideia de compartilhar com o time da Call Daniel e nós estamos tomando a liberdade de enviar a cada semana para todos os assinantes do Blog “Dicas Call Daniel”.

David Allen começa o capítulo desta semana dizendo que ele resolveu aumentar os preços dos serviços da DAC. E por que ele fez isso? Porque não queria que os negócios se afastassem da sua empresa. Como assim? Vou explicar.

 
readyFORanything.jpg 

Ready for anything – Princípio 12 – Se preocupar é um desperdício

Estamos continuando o envio das 52 reflexões semanais do David Allen, traduzidas livremente do seu segundo livro, “Ready for anything”, onde ele traz textos para aprofundamento no GTD. Nossa querida Thais Godinho teve a brilhante ideia de compartilhar com o time da Call Daniel e nós estamos tomando a liberdade de enviar a cada semana para todos os assinantes do Blog “Dicas Call Daniel”. Vamos lá:

Quando nós pensamos sobre situações e maturamos nossas percepções, isso não é desperdício de tempo. É produtivo. Agora, quando evitamos pensar em algo que deveríamos estar pensando a respeito, não vamos direto ao assunto, isso desperdiça não só o nosso tempo como a nossa energia.

 
readyFORanything.jpg 

Ready for anything – Princípio 15 – Você não verá como fazer até se ver fazendo

Estamos continuando o envio das 52 reflexões semanais do David Allen, traduzidas livremente do seu segundo livro, “Ready for anything”, onde ele traz textos para aprofundamento no GTD. Nossa querida Thais Godinho teve a brilhante ideia de compartilhar com o time da Call Daniel e nós estamos tomando a liberdade de enviar a cada semana para todos os assinantes do Blog “Dicas Call Daniel”.
 
 
O tema desta semana é bem legal, porque o nosso mecanismo cerebral de reconhecimento é engatilhado de acordo com o foco que nós temos. Ui! Complexo? Pense assim: se você quiser alcançar a bola no jogo, abrir uma empresa ou cuidar dos seus pais, a sua visão vem primeiro. Se você não se vir fazendo aquilo que pretende, pode ficar frustrado ou até mesmo estressado sem saber como chegar até onde deseja. Quando você exercita a sua visão e consegue se imaginar fazendo, alguns pontos começam a ficar mais claros.
 
readyFORanything.jpg 

Ready for anything – Princípio 4 – Para saber onde ir, você precisa saber onde está

Oi leitores da Call Daniel, começaram bem sua semana? 
 
Estamos continuando o envio das 52 reflexões semanais do David Allen, traduzidas livremente do seu segundo livro, “Ready for anything”, onde ele traz textos para aprofundamento no GTD. Nossa querida Thais Godinho teve a brilhante ideia de compartilhar com o time da Call Daniel e nós estamos tomando a liberdade de enviar a cada semana para todos os assinantes do Blog “Dicas Call Daniel”.
 
readyFORanything.jpg
 
Hoje nós vamos falar sobre: mapas. Ãhn? Pois é!
 
Um mapa não é funcional até você saber onde se encontra nele. Se localizar no tempo e no espaço cria uma referência para que você possa começar a se mover. Conhecer todos os acordos que você fez com os outros e consigo mesmo(a) é um fator crítico para tornar tudo mais claro para você. Se você não tem isso claro, como pode saber para onde tem que ir? Continue lendo “Ready for anything – Princípio 4 – Para saber onde ir, você precisa saber onde está”

Ready for anything – Princípio 2 – Você só pode se sentir bem por não fazer alguma coisa quando você sabe o que não está fazendo

Olá leitores da Call Daniel, tudo bem? 
 
Estamos continuando o envio das 52 reflexões semanais do David Allen, traduzidas livremente do seu segundo livro, “Ready for anything”, onde ele traz textos para aprofundamento no GTD. Nossa querida Thais Godinho teve a brilhante ideia de compartilhar com o time da Call Daniel e nós estamos tomando a liberdade de enviar a cada semana para todos os assinantes do Blog “Dicas Call Daniel”.
 
readyFORanything.jpg
 
O tema desta semana traz uma frase icônica do David: você só pode se sentir bem por não fazer alguma coisa quando você sabe o que não está fazendo. Na verdade, o que o David diz é que o estresse vem dos acordos que quebramos conosco mesmos. Existem três maneiras de lidar com acordos no GTD: cancelando o acordo, mantendo o acordo ou o renegociando. Mas você não pode renegociar consigo mesmo os acordos que você esqueceu que fez. Continue lendo “Ready for anything – Princípio 2 – Você só pode se sentir bem por não fazer alguma coisa quando você sabe o que não está fazendo”

Ready for anything – Princípio 14 – Para mais clareza, olhe de cima

Estamos continuando o envio das 52 reflexões semanais do David Allen, traduzidas livremente do seu segundo livro, “Ready for anything”, onde ele traz textos para aprofundamento no GTD. Nossa querida Thais Godinho teve a brilhante ideia de compartilhar com o time da Call Daniel e nós estamos tomando a liberdade de enviar a cada semana para todos os assinantes do Blog “Dicas Call Daniel”.


 

Se você estiver precisando de clareza no momento, pode valer a pena olhar de um horizonte acima. Se você está ocupado (ação) e as coisas não estão claras, pare e revise seus planos. Se você estiver planejando (organização) e as coisas não estiverem claras, arranje um quadro branco ou uma folha de sulfite e faça um brainstorm para encontrar ideias ou informações que você pode não estar levando em consideração. Se você estiver tentando sair da caixa (brainstorm) e as coisas não estiverem claras, volte e revisite o que você consideraria um sucesso total para o que você tem como visão. Se seu cenário (visão) estiver mal formulado, retorne para o propósito – por que você está fazendo isso, em primeiro lugar? 

 
readyFORanything.jpg 

Ready for anything – Princípio 22 – Você tem que pensar sobre as suas coisas mais do que você imagina

Esta é a reflexão da semana do David Allen, traduzida livremente por Thais Godinho do livro “Ready for anything”…

O que quer que exista na nossa vida que esteja em um lugar onde não é seu lugar permanente significa que devemos tomar alguma providência. E o que precisa acontecer para seguirmos adiante não é necessariamente evidente só porque o e-mail, a carta, a ideia ou a situação estão ali. Nós precisamos pensar. Não muito! – mas o suficiente para decidir qual é a próxima ação requerida para dar o pontapé inicial nesse processo rumo à sua conclusão. Muitas vezes nós adiamos esse pensamento, até que a pressão caia sobre nós e finalmente tenhamos que lidar com aquilo de qualquer maneira. Um raciocínio mínimo requerido sobre as nossas coisas não demanda tanto tempo e esforço assim (normalmente coisa de 15 segundos), mas demanda tempo e esforço.

Podcast Call Daniel – Saiba mais sobre o novo livro de David Allen

podcastingLançado em março/2015 (a tradução para o português está em andamento mas ainda não sabemos a data do lançamento), ele tem um capítulo inteiro sobre Getting Things Done e ciência cognifiva para embasamento teórico do que já entendemos na prática. E um glossário muito rico no final, que define e esclarece cada termo utilizado para não termos dúvida de que a comunicação será efetimamente estabelecida.

A globalização e utilização do método em todas as partes do mundo trouxe a certeza, para a anterior impressão, de que o GTD não só é atemporal, ele também é multicultural, para todo tipo de ambiente, rotina ou personalidade. Tanto no ambiente formal quanto informal, na empresa, educação, família ou sociedade de maneira geral.

Nossa querida Thais Godinho, que também está envolvida com a tradução desta versão para o português, conta-nos, de maneira apaixonada, as principais novidades do livro. 

Continue lendo “Podcast Call Daniel – Saiba mais sobre o novo livro de David Allen”

Ready for anything – Princípio 5 – Oportunidades infinitas são causadas por possibilidades finitas

Olá leitores da Call Daniel, tudo bem? 
 
Estamos continuando o envio das 52 reflexões semanais do David Allen, traduzidas livremente do seu segundo livro, “Ready for anything”, onde ele traz textos para aprofundamento no GTD. Nossa querida Thais Godinho teve a brilhante ideia de compartilhar com o time da Call Daniel e nós estamos tomando a liberdade de enviar a cada semana para todos os assinantes do Blog “Dicas Call Daniel”.
 
readyFORanything.jpg
 
O texto de hoje é bem interessante porque nos faz refletir sobre o básico e a importância que ele tem especialmente na vida de quem NÃO está usando o GTD. O contraste é gigantesco.
 
Só explicando rapidamente o título: tentar fazer tudo, ter tudo e ser tudo vai exaurir seu mecanismo humano. “Mais e melhor” sempre vai fazer com que você se estique demais tentando alcançar o que pode ser impossível. Para surfar no topo da onda em vez de se afogar, você deve transformar tudo isso o que você quer em algo factível, dividido em pedaços físicos. Uma expressividade expressiva requer inteligência e uma limitação consciente para ser algo sustentável.