Ready for anything – Princípio 23 – Você não precisa pensar sobre as suas coisas TANTO quanto você imagina

Esta é a reflexão da semana do David Allen, traduzida livremente por Thais Godinho do livro “Ready for anything”…

Bem, apesar de você precisar pensar sobre as suas coisas para saber o que fazer com elas, não é para pensar tanto quanto você pode estar imaginando. Apenas um pouquinho de raciocínio (“Qual é a minha intenção? Qual é a minha próxima ação?”) cria controle e foco relaxados. O que acontece é que a maioria das pessoas resiste a pensar sobre tudo isso. Por quê? Porque suas mentes são tão rápidas e sofisticadas que já te dão um relance da situação como um todo, deixando-as levemente apavoradas – isso quando chegam a pensar sobre elas. Decida o resultado desejado e o passo para a próxima ação, ponha lembretes disso em algum lugar que o seu cérebro vá se lembrar de verificar na hora certa, e praticamente ouça algo dentro de você dizendo “ufa, isso está resolvido… por hora!”..

Não adianta querer fazer tudo ao mesmo tempo. É impossível.

Muitas vezes nos sentimos oprimidos pela vontade de realizar tudo o que queremos ou entendemos como sendo preciso ser feito. Mas isso é uma ilusão, nem sempre cabe tudo no tempo disponível. Para realizarmos o melhor possível, com foco e qualidade, é preciso estar equilibrado.

Sejamos honestos, nossa produtividade cai terrivelmente quando estamos confusos ou estressados. Continuar produzindo sob altos níveis de estresse é comprar uma passagem para adoecer.

 

relax.jpeg

Continue lendo “Não adianta querer fazer tudo ao mesmo tempo. É impossível.”

Ready for anything – Princípio 22 – Você tem que pensar sobre as suas coisas mais do que você imagina

Esta é a reflexão da semana do David Allen, traduzida livremente por Thais Godinho do livro “Ready for anything”…

O que quer que exista na nossa vida que esteja em um lugar onde não é seu lugar permanente significa que devemos tomar alguma providência. E o que precisa acontecer para seguirmos adiante não é necessariamente evidente só porque o e-mail, a carta, a ideia ou a situação estão ali. Nós precisamos pensar. Não muito! – mas o suficiente para decidir qual é a próxima ação requerida para dar o pontapé inicial nesse processo rumo à sua conclusão. Muitas vezes nós adiamos esse pensamento, até que a pressão caia sobre nós e finalmente tenhamos que lidar com aquilo de qualquer maneira. Um raciocínio mínimo requerido sobre as nossas coisas não demanda tanto tempo e esforço assim (normalmente coisa de 15 segundos), mas demanda tempo e esforço.

Ready for anything – Princípio 19 – Melhor é muito melhor do que bom

Esta é a reflexão da semana do David Allen, traduzida livremente por Thais Godinho do livro “Ready for anything”…

Vamos falar sobre foco no momento e a qualidade das coisas que nós fazemos.

Quando a gente se compromete com a qualidade última de todas as coisas isso nos dá acesso a uma criatividade e inteligência únicas. Da menor atividade ao objetivo mais elevado, um foco intencional no cumprimento máximo do seu propósito gera informação e inspiração que não estão disponíveis de outra perspectiva.

Como lidar com as diferenças de desempenho entre os profissionais

Alguns profissionais recebem destaque na equipe ao transparecer comportamentos de líderes, juízes, motivadores ou quando demonstram um desempenho produtivo superior aos demais. No entanto, as diferenças de competências e desempenho entre eles nem sempre são como vaga-lumes saltando aos olhos.

Onde as diferenças de desempenho do profissional ficam mais evidentes?

 alto_desempenho.png Continue lendo “Como lidar com as diferenças de desempenho entre os profissionais”

O que é qualidade de vida?

Podemos começar pelas definições básicas padrão, mas não podemos parar por ai. Enxergar de maneira muito clara a nossa própria vida, saber o que significam nossas ações cotidianas a partir de um cenário maior e escolher, por exemplo, as 5 tarefas mais impactantes de uma lista de mil e uma tarefas é ser produtivo e viver com mais qualidade. Estarei fazendo a coisa certa, dentro do que se entende como humanamente possível de ser feito mas também ganhando em qualidade de vida, concorda?

qualidade_de_vida.jpg Continue lendo “O que é qualidade de vida?”

Ready for anything – Princípio 24 – Se você sabe o que está fazendo, eficiência é a única oportunidade de melhoria

Esta é a reflexão da semana do David Allen, traduzida livremente por Thais Godinho do livro “Ready for anything”…

Uma vez que um propósito, um objetivo ou padrão esteja claro, o melhor que você pode fazer é chegar lá e mantê-lo com o mínimo de esforço possível. A energia não é desperdiçada e seus recursos são otimamente libertados para mais do que você quer ou quer fazer.

Ready for anything – Princípio 20 – Uma mudança no foco é igual a uma mudança no resultado

Esta é a reflexão da semana do David Allen, traduzida livremente por Thais Godinho do livro “Ready for anything”…

Se você quer diferentes resultados, é necessária uma mudança de foco. Uma vez que você mude a imagem que você fixa na sua mente, coisas diferentes vão automaticamente começar a acontecer. Foque em vermelho, e vermelho virá. Foque em um resultado diferente para a sua conversa, e diferentes pensamentos virão para você. Foque no modelo específico de carro que você gostaria de comprar, e vai ser como se só existisse esse mesmo modelo em toda a rodovia. 

Seu cérebro tem um mecanismo interno para encontrar padrões que você programa por causa do lugar onde você pôs sua atenção. Soluções, inovações, sucesso – eles não vêm de uma inteligência extraordinária ou criatividade sensacional, mas do que a gente percebe através do ONDE a gente estava apontando tais atributos.

Mas será que você está pronto para “estar pronto”?

Ready for anything – Princípio 21 – Perspectiva é a mercadoria mais valiosa do planeta

Esta é a reflexão da semana do David Allen, traduzida livremente por Thais Godinho do livro “Ready for anything”…

Isso é continuação do princípio da semana passada: uma mudança no foco equivale a uma mudança nos resultados. As prioridades do seu trabalho atual (e as ações que você vai focar) podem mudar – e provavelmente vão – daqui a 18 meses. Colocar as coisas sob um contexto diferente pode gerar soluções e ideias. Uma simples mudança de ponto de vista pode alterar as circunstâncias para a mais poderosa das experiências positivas. Um infinito número de coisas no universo está contido apenas por causa da sua atitude e altitude.