Porque? Como? O que? A receita do sucesso.

Simon Sinek codificou, de maneira simples, como grandes líderes inspiram ação. Neste artigo trago um pequeno resumo da ideia, o círculo dourado e o link para o vídeo no TEDx.

Essas conclusões de Simon vieram de estudos da biologia. Isso mesmo, biologia. O círculo de ouro exemplifica o processo mostrando a relação entre nossos processos mentais – racional, emocional e límbico (comportamental).

Os grandes líderes inspiram a ação porque possuem um padrão de comunicação diferente da maioria esmagadora de nós. Este, se não for o único, certamente é o seu maior triunfo. Todos nós pensamos, agimos e comunicamos na sequência do mais simples para o mais complexo. Os líderes não. Eles primeiro dizem “Por que faço?”, depois “Como faço?” e somente por último “O que faço?”. Sinek diz que esta deve ser provavelmente a ideia mais simples do mundo, mas faz toda a diferença.

Continue lendo “Porque? Como? O que? A receita do sucesso.”

Entrevista com Carmen Rodrigues – Presidente da Buckman para América Latina


Carmen Rodrigues é a típica executiva de alta performance. Engenheira Química com inúmeros cursos de extensão além de formação em Harvard. Iníciou sua carreira como representante comercial e galgou posto a posto até tornar-se presidente da Buckman para América Latina.

Carmen_Rodrigues_–_Presidente_da_Buckman_para_América_Latina_

A Buckman é uma multinacional americana com presença em todos os continentes. Carmen além de executiva é mãe, esposa e exímia dançarina de Tango. Atribui ao GTD boa parte de sua capacidade para equilibrar tantos pratos com tanta harmonia:

Continue lendo “Entrevista com Carmen Rodrigues – Presidente da Buckman para América Latina”

Vale a pena investir em treinamento funcional/empresarial?

O treinamento empresarial, moderno (que alia a prática ao acompanhamento dos treinados), pode ser a parte fundamental do sucesso de quaisquer equipes em uma empresa.

Sao Silvestre 2011 resized 600

 

Lendo o artigo de Jennings é possível verificar facilmente as principais diferenças entre treinamentos que funcionam nestes tempos modernos e os tradicionais, que já não atendem mais a expectativa. Ele discorre sobre o insucesso do antigo método teórico, com excessivo volume de informações na transmissão de conhecimentos, valorizando a prática como nossa aliada na assimilação dos conteúdos e mudança no comportamento.

Continue lendo “Vale a pena investir em treinamento funcional/empresarial?”

O que é Educação Corporativa e como seus Resultados ficam Mensuráveis

Educação corporativa ou empresarial é um termo já conhecido no mercado. Este tipo de educação foca a aquisição de conhecimentos necessários para as atividades da empresa que o fornece, mas não só isso. Tornou-se um caminho alternativo para a disponibilidade de profissionais com conhecimentos apropriados a determinadas atividades sem depender de instituições externas a empresa.

 

Nos últimos anos a educação corporativa vem expandindo os resultados alcançados. A medida que vem mudando seu foco da aprendizagem verificada para a performance percebida ou da capacitação oferecida para a transferência e sustentação da aprendizagem, ficou mais fácil mensurar seus resultados.

 

Turma Gtd na Vestas fev2019

 

 

Continue lendo “O que é Educação Corporativa e como seus Resultados ficam Mensuráveis”

Cálculo de produtividade. Existe isso?

 

Produtividade é um assunto tão importante hoje em dia que já existem várias maneiras para realizar um cálculo de produtividade, sabia? Mais que a velha fórmula Input/Output, conforme esta breve entrevista do Luciano Pires (Café Brasil), onde uma fórmula mais eficaz poderia ser Produtividade = Empenho x Desempenho.

 

 

 

Empresas de todos os ramos de atividade usam os cálculos de produtividade para conferir se sua linha de produção vai bem, se suas finanças estão em ordem ou se seus funcionários estão produzindo o suficiente. Mas compreender o que fazer, porque e qual o impacto de cada tarefa no conjunto (tanto pessoal quanto profissional ou para o coletivo além da empresa) podem ser bem mais efetivos que apenas realizar algumas contas. Continue lendo “Cálculo de produtividade. Existe isso?”

O que é Educação Corporativa?

Educação corporativa ou empresarial é um termo relativamente novo, mas seu conceito não. Este tipo de educação foca a aquisição de conhecimentos necessários para as atividades da empresa que o fornece, mas não só isso. Tornou-se um caminho alternativo para a disponibilidade de profissionais com conhecimentos apropriados a determinadas atividades sem depender de instituições externas a empresa.

 

educação_corporativa2-resized-600

 

 

 

A Educação corporativa pode ser definida como uma prática coordenada de gestão de pessoas e de gestão do conhecimento tendo como orientação a estratégia de longo prazo de uma organização. Educação corporativa é mais do que treinamento empresarial ou qualificação de mão-de-obra. Trata-se de articular coerentemente as competências individuais e organizacionais no contexto mais amplo da empresa. Nesse sentido, práticas de educação corporativa estão intrinsecamente relacionadas ao processo de inovação nas empresas e ao aumento da competitividade de seus produtos (bens ou serviços). Estas e outras definições do termo buscam nortear as ações nesta área.

 

Busca no Google mostra defict 2018Ao depender de competências pré adquiridas pelos profissionais, as empresas correm o risco de ficar sem o que precisam. Muitas instituições entregam seus diplomados ao mercado de trabalho de uma maneira pouco produtiva para a rotina empresarial. A massa de formandos possui muita teoria e pouca prática. Existem também os que possuem uma teoria pobre ou desatualizada. Esses fatores transformam-se em prejuízos de toda ordem, desde a escassez de profissionais qualificados até resultados ruins por jovens inexperientes ou mal formados.

 

A indústria encontrou uma boa solução de educação corporativa unindo forças. Desde que foi criado, em 1942, o SENAI formou 64,7 milhões de profissionais. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) é reconhecido como modelo de educação profissional e pela qualidade dos serviços tecnológicos que promovem a inovação na indústria brasileira. O Banco do Brasil é um bom exemplo

“…

Universidade Corporativa do Banco do Brasil é a melhor do mundo. Programa completo, incluindo colaboradores, parceiros e família.

 …”

 

A exemplo dessas, outras empresas viram na educação corporativa uma boa solução e, em maior ou menor grau, passaram a fornecer treinamentos específicos aos seus profissionais já contratados. Em alguns momentos visando suprir uma carência de profissionais externos, noutras buscando valorizar os próprios profissionais ou conquistar excelência em sua área de atuação. Esta solução vem crescendo em número de empresas adeptas e em satisfação dos profissionais treinados.

 

Sem dúvida que o departamento de RH possui fundamental importância neste processo. Seja escolhendo os profissionais que estarão se qualificando, ou na seleção de empresas idôneas para a aplicação dos treinamentos. Algumas instituições de ensino também já se renderam a tendência e oferecem graduação e pós graduação em Educação Corporativa. Para ler um pouco mais a respeito, veja esta matéria no site da FIOcruz.

 

Sua empresa já se utiliza deste recurso? Como você tem sentido os resultados da educação corporativa em sua empresa?

Conheça os treinamentos que a Call Daniel oferece:

Treinamento GTD individual

Treinamento GTD em grupo

Turma aberta GTD

Garanta sua vaga para o #MIND #MaisFoco #NoStress!

 

Veja este depoimento:

 

 

Abraços

+Produtividade -Estresse

Marcia.Sisi@CallDaniel.com.br

Especialista em Gestão do Tempo e Produtividade

 

 

Por que Bradesco, Siemens e Cielo escolheram o treinamento da Call Daniel?

ClientesEssas empresas conseguiram oferecer aos seus colaboradores um treinamento de Mais Produtividade e Menos Estresse que, de maneira prática, lida com o problema de falta de tempo e excesso de ansiedade. Este treinamento tornou-se um grande sucesso entre seus colaboradores, que não param de indicá-lo aos seus colegas. A Call Daniel foi a escolha dessas empresas como parceira para ministrar este treinamento.

Mas afinal o que ele tem de diferente? Será que um treinamento poderia impactar tanto na vida profissional e pessoal dos colaboradores destas empresas ao ponto de tornar-se “o assunto do momento” dentro e fora das empresas? Continue lendo “Por que Bradesco, Siemens e Cielo escolheram o treinamento da Call Daniel?”